Atenção Visitantes do Blog

Todos são bem-vindos e esperamos que o conteúdo seja edificante para a sua vida. Não se esqueça de deixar seu recado e participar de nossa enquete. Mais notícias e conteúdos em: http://www.comunidadeluz.com/

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Atos 27 - Fé na Tormenta



Resuma o que o texto ensina :
          O contexto deste capítulo narra a última viagem do apóstolo Paulo, ocasião em que ele e outros prisioneiros estavam sendo levados para Roma, onde seriam julgados.
          Após deixarem uma "ilhota" (v.16) chamada Clauda na costa ocidental de Creta, partiram em direção à Itália sob os cuidados de um centurião (nome originado por causa do comando de 100 homens) romano chamado Júlio. Homem de "cabeça dura". Paulo, embora prisioneiro os aconselhou não fazer aquela viagem (parece até ironia), porque pressentia que algo ruim aconteceria, mas Júlio preferiu ouvir o conselho do piloto (v.11) em detrimento do homem de Deus. Ali, após fortes tormentas e sendo despedaçado o navio, Paulo, preso pelas mãos e num gesto curioso, garantiu aos demais presos que "nenhuma vida se perderá de entre vós, mas somente o navio" (v.21) porque tivera um encontro com Jesus (v.23-24), Quem lhe deu esta autoridade. E foi assim que sucedeu : salvando-se "uns em tábuas, e outros em destroços do navio. E foi assim que todos [276 pessoas, v.37] se salvaram em terra" (v.44).
          Este episódio me fez lembrar a experiência de Jonas. Sua desobediência provocou a ira de Deus e por isto foi lançado ao mar por seus companheiros de viagem. No caso de Paulo, o fato de ter sido lançado ao mar, foi em razão de obediência. Ali no mar, nadando até a ilha de Malta, com muita fome (v.33), cansado e sob o alto risco de vida porque o mar ainda estava agitado, uma consciência clara este missionário por excelência demonstrou que a obediência deve nos acompanhar até as últimas conseqüências sem que percamos o ânimo de servi-Lo e a certeza do livramento que só pode vir do Senhor.

Diante do que o texto ensina, quais lições você aprendeu para sua vida pessoal ?
           a) Servir a Deus não significa que não encontrarei grandes dificuldades em decorrência da obediência, e isto me conforta, porque sei que no final tudo será transformado em honra ao Seu nome;
          b) Compreendo também que o juízo que os outros fazem a meu respeito nem sempre significam que são falsos, apenas cumprem seu papel num plano maior de Deus;
          c) Sinto-me ainda mais desafiado a ouvir mais conselhos de homens sábios, tementes a Deus, que debater com minhas interpretações a cerca das situações que me envolvem, pois são instrumentos para minha orientação, exortação e consolo;
          d) Aprendo também que mesmo em meio a tantas limitações devo ter sempre a Palavra de Deus disposta em meus lábios para o conselho daqueles a quem Deus quer salvar.

Escreva estes desafios para sua vida em forma de oração :

"Senhor Jesus, muito obrigado por trazer-me estas verdades tão preciosas ao meu coração. Obrigado por me alertar e exortar onde necessito correção. Continue a falar comigo, assim, na simplicidade das devocionais diárias. Faça de mim servo fiel ao Senhor, sempre pronto para ouvi-Lo e disposto para obedecê-Lo com sincera alegria de ser útil na realização da Sua perfeita vontade. Em nome de Jesus, amém !"


Ericson Martins
Igreja Presbiteriana Luz
contato@projetoperu.com




2 comentários:

Carlos disse...

Otima reflexao,realmente vale a pena obedecer a Deus,principalmente nos momentos a onde a adversidade contra o evangelio de Cristo nao parece cesar contra nos os Cristaos Deus E fiel

Sergio Ricardo Ferreira Junior disse...

legal....

eu quero deixar um convite

para vsitar meu blog...

tem mensagens biblicas....

abraço