Atenção Visitantes do Blog

Todos são bem-vindos e esperamos que o conteúdo seja edificante para a sua vida. Não se esqueça de deixar seu recado e participar de nossa enquete. Mais notícias e conteúdos em: http://www.comunidadeluz.com/

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Atos 14 - Não Existe Indiferença Diante do Evangelho


(Leia o Apítulo 14 de Atos dos Apóstolos e Meditemos Juntos)


Resumo do Ensino do Texto:

Este capítulo é marcado pela narrativa da pregação do evangelho em várias cidades no decursso da primeira viagem missionária de Barnabé e Paulo e o relatório dos resultados à Igreja de Antioquia, que lhes havia enviado. Em cada lugar que a mensagem do evangelho era anunciada, aconteciam reações paradoxias: fé e entrega em muitos e resistência tranformada em oposição em outros. Mas, qual a raíz de reações tão antagônicas diante da mesma mensagem? O evangelho traz em sí uma mensagem de poder e transformação. Onde a proclamação do nome de Jesus se fizer, desafiará a comodidade, as tradições pecaminosas, os valores invertidos e as crenças mentirosas. Portanto, o ouvinte se rende e crê ou nega e opõe-se. Não há nulidade diante da cruz! É perfume para morte ou para vida! É sabedoria de Deus ou loucura para os homens! Fé ou rejeição!


Lições Para Minha Vida:

1. A mensagem da Cruz continuamente desafia o ser humano à mudança e submissão a Deus. Preciso ter um coração quebrantado para não resistir ao poder do evangelho em minha vida;

2. É necessária a disposição de anunciar Jesus não obstante as reações que a proclamação pode produzir. Não devo me iludir com a idéia de que a mensagem ou minha vida cristã serão sempre aceitos. A verdade é que tanto aceitação como oposição fazem parte da experiência do discípulo de Jesus em relação às outras pessoas;

3. A valorização dos frutos colhidos é um antidoto contra a amargura. Ao chegar em Antioquia os missionários celebraram os frutos ao invés de lamentarem as dificuldades. Que Deus me ensine a valorizar o que é positivo e a deixar em suas mãos o lado negativo da jornada.


Minha Oração:

"Óh Eterno, a mensagem de teu Filho é poderosa e transformadora. Dá-me um coração submisso ao efeito da mensagem da Cruz. E que ao anunciar o teu evangelho, as oposições e dificuldades não venham me desanimar e entristecer. Mas direciona o meu olhar aos teus poderosos feitos para louvar-te mesmo nas oposições. Em nome de Jesus, Amém!"

2 comentários:

Marcia disse...

Nas viagens de Paulo,sempre aconteciam coisas boas e ruins.Se de um lado, pessoas se convertiam à Jesus,e criam nas promessas do evangelho,por outro lado,Paulo e quem o acompanhava,sofriam perseguições e até mesmo agreções físicas.Mas no final,sempre observamos paulo animando e encorajando os irmãos, nunca reclamando do que sofreu.Que isso seja uma lição pra nos,pois por muito menos, nos vemos no direito de murmurarmos e reivindicarmos de Deus,coisas que não temos o minimo direito.

Marcia disse...

Voçê conseguiria conviver com sua conciência, tendo feito tudo o que Paulo fez antes da sua conversão, tendo feito tais coisas em nome de Deus?? Leia Atos cp26:9 a 11. Paulo tinha ciência do quanto havia entristecido o coração de Deus, ao perseguir, prender e até matar aqueles que criam en Jesus.Mas uma coisa paulo nos ensina com grande propriedade: a partir do momento que Jesus o toca, ele nâo fica se lamentando em cima do que havia feito,nem se sente incapaz por causa dos seus pecados outrora cometidos contra Deus. Deus o levanta,e ele, Paulo, se deixa levantar!
Existe um motivo muito forte que nos leva a apoderarmos do perdão que Jesus pode nos dá: a fé no que Ele pode e faz hoje!Não vamos ficar no chão achando que "um dia" Deus irá nos levantar.Ele está proto prá fazer isso agora! Apodere-se disso!!!!!