Atenção Visitantes do Blog

Todos são bem-vindos e esperamos que o conteúdo seja edificante para a sua vida. Não se esqueça de deixar seu recado e participar de nossa enquete. Mais notícias e conteúdos em: http://www.comunidadeluz.com/

sexta-feira, 21 de março de 2008

Atos 21 - Fiéis Também Sofrem!


(Leia o Capítulo 21 de Atos dos Apóstolos e Meditemos Juntos)


Quero pedir-lhes a liberdade de uma abordagem diferente deste capítulo quanto ao formato da devocional. Fui muito impactado pela postura de Paulo diante dos constantes anúncios de que o que lhe aguardava em Jerusalém era sofrimento e perseguição. O Apóstolo manteve-se resoluto em sua direção, pois estava pronto a sofrer por Jesus, caso isto lhe fosse necessário. Penço ser o assunto principal deste texto altamente relevante para os cristãos dos nossos dias, uma vez que todo sofrimento tem sido encarado por muitos como provindo de Satanás. A questão central é esta: Um crente fiel pode sofrer por sua fidelidade? Segundo os profetas de plantão de nossos dias, não! Conforme a palavra de Deus, sim! Paulo havia percorrido vários quilômetros de navio e a pé, sendo comunicado pelo Espírito Santo, de cidade em cidade, que o que lhe esperava em Jerusalém era perseguição e sofrimento. Mas, qual a causa disto? Este não era um homem apaixonadamente fiel ao Reino de Deus? O Senhor não o amava intensamente? Como isto poderia acontecer? É simples! Deus é Senhor de todas as circunstâncias na vida de seus filhos. Nada lhe foge ao controle. As provações de um cristão, mesmo fruto de investidas de Satanás ou dos homens sempre serão transformadas pelo Altíssimo em máteria-prima para que se cumpra os seus designíos em nós. Cristãos fiéis sofrem, mas seu sofrimento redunda em glória e louvor. O Senhor nos prometeu estar conosco, mas não apenas onde nos convém. Fujamos do sofrimento por causa de nossos erros, mas a dor provinda da fidelidade deve ser vista como um privilégio. Não porque sejamos masoquistas, mas porque temos a certeza de que o Eterno usará nossas piores dores para transformá-las em tesouros preciosos. Por fim, ai dos falsos profetas, que diferente de Agabo, prometem apenas prosperidade financeira e saúde física a quem diz ser cristão. Suas próprias vidas denunciam a sua falácia.


"Senhor, nestes dias de um falso evangelho de resultados, ensina-nos a disposição do privilégio de sofrermos por teu nome. Em Cristo, Amém!" (Jean Chagas)

6 comentários:

Eide Lima disse...

Esse texto também me chamou muita a atenção, principalmente, porque muitas das vezes, preferimos negar as adversidades, a enfrentá-las, com o auxílio Daquele que é soberano nas nossas vidas! Que tenhamos sempre em mente o exemplo apaixonado de Paulo e a promessa do Doce Consolador das nossas Almas - o Espírito Santo! A Ele toda glória e toda honra!

Mirian disse...

É realmente maravilhosa a renúncia de Paulo quanto a si mesmo...Há uma frase que me impactou muito esses dias e vem ao encontro de tudo isso que foi dito:
"A maior bênção que Deus pode nos dar é Ele mesmo."
O Todo-Poderoso já deveria bastar não é mesmo? Mas muitos acham pouco e colocam deveres equivocados sobre Deus,como se fossem suas promessas...Que possamos amar a Deus como Paulo!Sem trocas!

Mirian disse...

É realmente maravilhosa a renúncia de Paulo quanto a si mesmo...Há uma frase que me impactou muito esses dias e vem ao encontro de tudo isso que foi dito:
"A maior bênção que Deus pode nos dar é Ele mesmo."
O Todo-Poderoso já deveria bastar não é mesmo? Mas muitos acham pouco e colocam deveres equivocados sobre Deus,como se fossem suas promessas...Que possamos amar a Deus como Paulo!Sem trocas!

Marcia disse...

O que me chama mais a atenção neste texto, é o fato de Paulo saber o que lhe aguardava,e mesmo assim, teve coragem de seguir em frente.Será que ele era um "super humano" sem medos? acho que não!Creio que em seu coração havia medos,receios,temores;mas como um homem totalmente coberto com o Espirito Santo,e grandemente motivado á pregar o que ele havia aprendido de Jesus,e de Seu Reino,seus medos foram sublimados pela coragem dada por Deus.Se soubéssemos que iríamos sofrer grande perseguição ,física, emocional,material e psicológica por amor a Ele,ainda assim o seguiríamos?

Alcione disse...

Fico pensando qtos cristãos estão sofrendo por decepção com aquilo que os novos profetas estão pregando, pois só falam das bençãos com muita vitoria; lutas e adversidade não são para os cristãos, imagine só, saber que, o que o espera é perseguição e grandes lutas.Que o Senhor nosso Deus nos ensina a ver que em todas as nossas lutas assim como foi com Paulo, O Senhor tinha o consolo e livramento no momento Dele.

Eide Lima disse...

Quero deixar meu comentário sobre atos 22 - Às vezes, ainda que cumprindo a vontade e direção direta do Senhor, não seremos compreendidos. Devemos estar atentos para conhecermos a vontade e os propóstios de Deus para a nossa vida e estarmos observando se alguém confirma, legitima o nosso ministério: Ananias confirmou a legitimitidade do ministério de Paulo. Temos certeza do nosso ministério?! As pessoas que nos rodeiam, a nossa comunidade nos legitimam!? Paulo tinha convicção do seu chamado!